Biblioteca Municipal Avertano Rocha recebe 1,2 mil livros de autores paraenses

Biblioteca Municipal Avertano Rocha recebe 1,2 mil livros de autores paraenses

No ano em que completa 50 anos, a Biblioteca Municipal Avertano Rocha (BPMAR) também celebra inúmeras conquistas. Aberta para exposições, feiras e atividades teatrais, a BPMar participa de diversos programas e editais de incentivo à leitura e a arte.
Em 2021 a biblioteca se inscreveu no programa “Leitura por Todo Pará”, do Governo do Estado, e na última quinta-feira, 17, foi contemplada com 1.200 livros de autores paraenses com conteúdos voltados para arte, cultura, literatura e folclore. 

Leitura por Todo Pará

Idealizado pelo Governo do Pará através da Fundação Cultural do Pará (FCP), o programa é focado em ações diversas na área de leitura, literatura e bibliotecas. A FCP realiza a distribuição dos kits de obras de autores paraenses a bibliotecas públicas e demais espaços contemplados pelo edital de cessão. De acordo com a diretora de literatura e informação da FCP, Suzana Tota, o programa tem como principal objetivo fomentar a leitura e interação com a comunidade. 

“O projeto da BPMAR é a ‘Biblioteca Viva’ e é a comunidade que irá tornar esses livros vivos dentro da biblioteca e, mais do que dentro da biblioteca, é o entorno. É ter o envolvimento da sociedade com a área do livro, leitura e literatura”, comenta Suzana.

50 anos

Em julho deste ano, a BPMAR completa 50 anos de existência e o casarão segue com muitas atividades e uma programação diferenciada. Com a chegada dos novos livros, além de aumentar o acervo, a biblioteca também contará com um novo material para enriquecer as contações de histórias, formação dos servidores e novas oportunidades de interação com a população. 
Atividades de incentivo aos autores como rodas de conversa, oficinas e clube de leitura também ganham novas possibilidades com o enriquecimento do acervo.

Biblioteca Viva

A expectativa em relação aos novos livros do acervo é a melhor possível e os servidores e colaboradores da biblioteca municipal já começaram os trabalhos e projetos para que o público possa ter acesso aos livros. “Este acervo, por se tratar de um conteúdo literário ou informacional, produzido por autores paraenses, possibilita aos nossos usuários o encontro com nossa história, arte e cultura. Mas um acervo parado em uma estante não cumpre o seu papel social”, avalia a diretora da instituição, Gorette Figueiredo. 

A diretora ressalta que por meio das ações culturais, a biblioteca irá fazer com que tanto os livros quanto os escritores, cheguem aos leitores por meio de ações como “Na Conversa do Escritor”, “Buca da Nuite” e “Literatura em Cena”. 

“Iremos sempre buscar parcerias não somente para ampliar o acervo da BPMAR, mas para alimentar as bibliotecas distritais e comunitárias” conclui. 

Compartilhe esta notícia:
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Email
Notícias relacionadas: